Simule sem blá blá blá

Qual a melhor forma de receber a minha aposentadoria na previdência privada?

Tags previdência faq

No momento da contratação de um plano de previdência, você pode escolher de que forma vai querer receber a sua aposentadoria, mas fique tranquilo porque a decisão definitiva só precisará ser tomada na hora da aposentadoria, em que você terá a opção de escolher como quer receber a sua reserva acumulada, seja em forma de pagamento único e/ou em forma de renda.

Mas o que significa renda?

Por definição a renda é uma forma de recebimento de um benefício através de uma série de pagamentos consecutivos ao participante ou ao(s) beneficiário(s).

É definida no momento do preenchimento da proposta de inscrição no plano de previdência, mas pode ser alterada até 30 dias antes da data de recebimento da aposentadoria.

Tipos de Renda

Atualmente existem 6 tipos de renda:

  • Renda Mensal Vitalícia

    É aquela em que você recebe um valor mensal enquanto viver.


  • Renda Mensal Temporária

    Neste caso, a renda é paga mensal e temporariamente ao assistido a partir da data de concessão do benefício, cessando com o seu falecimento ou com o fim do prazo contratado.


  • Renda Mensal Vitalícia com Prazo Mínimo Garantido

    É aquela em que você escolhe até quando quer receber a renda e, se falecer antes do fim do prazo, ela passa para os beneficiários*.

    *Beneficiário(s) indicado(s) na proposta.


  • Renda Mensal Vitalícia Reversível ao Beneficiário Indicado

    Trata-se de uma renda mensal vitalícia paga ao participante em que, no caso do seu falecimento, a renda é passada para um beneficiário* indicado.

    É muito importante destacar que o beneficiário* deve ser indicado no momento do recebimento da renda pelo participante e não poderá ser substituído. Caso o beneficiário* indicado faleça antes do participante, não existirá reversão de benefício e a renda cessará com a morte do participante.

    ∗Apenas um beneficiário indicado na proposta.


  • Renda Mensal Vitalícia Reversível ao Cônjuge com Continuidade aos Menores

    O participante recebe a renda de forma vitalícia e, ao falecer, a renda é passada ao cônjuge. No caso de falecimento do cônjuge, a renda é passada aos menores até que completem a idade de maioridade estabelecida no regulamento.


  • Renda Mensal por Prazo Certo (Financeira)

    Nesta situação, é você quem define até quando quer receber a renda e, em caso de falecimento, ela será passada para o beneficiário até o fim do prazo contratado.

    Agora que você já conhece os tipos de renda disponíveis, deve ficar atento porque o valor do seu benefício de aposentadoria vai depender do tipo da renda escolhida. Preste atenção, pois a maioria das simulações de previdência privada considera que a renda será paga a você de forma vitalícia e sem qualquer tipo de reversão.